QUALIDADE DA ÁGUA DA REDE PÚBLICA - NOTA DE IMPRENSA

"As Entidades Gestoras do sistema de abastecimento multimunicipal de água para consumo humano do Grande Porto têm recebido, da parte de consumidores preocupados, alertas sobre a realização de campanhas comerciais porta a porta, com o intuito de promover a venda de equipamentos domésticos de tratamento da água da torneira.
 
Nessas campanhas são realizadas experiências e transmitidas informações que induzem os consumidores a acreditar que a água distribuída na rede pública é de má qualidade e com potenciais impactos negativos na saúde humana, o que é absolutamente falso. Essas experiências consistem em aplicar uma corrente eléctrica à água da torneira, o que faz alterar o estado químico dos elementos constituintes da água, através de um processo denominado electrólise. A acção da corrente eléctrica provoca a formação abundante de uma espuma acastanhada ou preta à superfície da água bem como o respectivo aquecimento.
 
Os fenómenos verificados na electrólise de uma água de torneira são totalmente expectáveis face à presença de sais minerais (como os de cálcio, magnésio, potássio, sódio) e de outros elementos (como o ferro), que caracterizam uma água natural tratada, equilibrada e cumpridora dos mais exigentes limites legais com vista ao consumo humano. Esses fenómenos não indiciam qualquer degradação da qualidade da água da torneira, sendo falsas quaisquer afirmações em sentido contrário.
 
A água distribuída na rede pública e colhida nas torneiras dos consumidores é submetida a centenas de milhares de análises anuais, em laboratórios acreditados, e os resultados obtidos são controlados pela Autoridade de Saúde (Delegados de Saúde), bem como pela entidade reguladora do sector – ERSAR. Os limites legais de conformidade da água são extremamente exigentes e foram impostos por Directiva da União Europeia, em consonância com as recomendações da Organização Mundial de Saúde (OMS). De uma forma consistente, os resultados obtidos evidenciam que, na totalidade da rede pública do Grande Porto, é distribuído um produto de excelente qualidade, que pode ser consumido com a máxima segurança sem quaisquer tratamentos adicionais.
 
As Entidades Gestoras reafirmam a todos os consumidores que a água da rede pública possui sais minerais e outros elementos que a tornam um produto seguro e equilibrado para o consumo humano. 
 
Se necessitar de algum esclarecimento adicional, não hesite em contactar a Entidade Gestora fornecedora de água na sua área de residência."
voltar
Seara.com
Prémio de qualidade de serviço em águas e Resíduos 2012